Entendendo a porta serial e o USB

Note Place é a maior loja de notebooks e acessórios da Santa Efigênia em São Paulo

Loja Virtual: (11) 3333-8606
Loja Andradas: 11 3226-2888
Loja Timbiras: 11 3333 -8600
WhatsApp: (11) 97800-3899

Carrinho de Compras

ver carrinho

Você tem 0 item(s)R$ 0,00

Entendendo a porta serial e o USB

Sempre ouvimos falar da tal porta serial, também conhecida como RS-232, popular entre os técnicos da área de informática e eletrônica, porém raramente chegamos, a saber, do que realmente se trata. Sabemos apenas que é algum componente de nossos computadores e notebooks, assim como o USB, mas a função nunca nos é explicada. Pois bem, agora saberemos.

A portal serial, ou RS-232, é o dispositivo que permite que conectemos nossas impressoras, scanners, modems, câmeras, e tantos outros equipamentos ao nosso computador ou notebook. As RS-232 são bidirecionais, ou seja, elas permitem envio e recebimento de dados por meio de um cabeamento simples e de fácil utilização.

As portas seriais podem ser de dois tipos: DB9 e DB25. As DB9 são mais comuns, e podemos exemplificar o seu funcionamento da seguinte maneira: os pinos 2, 3 e 5 fazem a comunicação do seu computador com o aparelho conectado (scanner, impressora, modem, etc) e os demais pinos fazem o tráfego de dados. Mas o seu computador não tem uma porta serial? Não se preocupe, vamos explicar o porquê.

A partir do final da década de 1990, iniciou-se um projeto em comum de várias gigantes do ramo de informática, destacando-se a Microsoft, a Apple, a HP, NEC, a Intel e a Agere, buscando-se uma alternativa mais veloz e compacta para as portas seriais. Chegou-se então ao USB – Universal Serial Bus –, uma entrada universal que permite que você conecte seus equipamentos a qualquer computador / notebook sem a necessidade de desligar a máquina para isso.

Como as RS-232 tinham tamanhos variados, precisando assim de conectores específicos, ou seja, cada equipamento vinha com um cabo diferente, precisando de uma conexão específica para funcionar, o USB logo ganhou mercado, pois tudo se tornou mais fácil. Qualquer cabo USB vai encaixar em qualquer entrada USB, tornando o mundo da informática mais democrático e muito menos complicado.

Não satisfeitas com essa grande inovação, as gigantes da tecnologia ainda fizeram com que o USB suportasse mais de um equipamento acoplado a ele, tornando o acesso do usuário praticamente ilimitado quando se trata de conexão de periféricos com o computador/ notebook. São possíveis até 127 dispositivos conectados a uma única entrada USB! Claro que com a ajudinha de outros periféricos que farão a ponte entre o seu computador e os 127 dispositivos.

Desde sua criação, em 1994, o USB já passou por sete versões, dentre as quais se destacam a 1.1, a 2.0 e a mais recente, 3.0. A 1.1 foi lançada em 1998, bastante superior às portas seriais, contudo não possui grande velocidade de transmissão, o que fez com que fosse aperfeiçoada. Em abril de 2000 foi lançada então a versão 2.0, com velocidade de 480 Mbps (Megabits por segundo), podendo ser utilizada em portas da versão 1.1 também, o que contribuiu para que a moda pegasse. Outra característica que fez com que os USBs fossem bem aceitos pelo mercado é que, a partir da versão 2.0, as indústrias de equipamentos eletrônicos e de informática estavam liberadas de pagar a licença de uso pela tecnologia, fazendo com que todos os fabricantes aderissem ao USB. Atualmente o USB está na versão 3.0, também chamada de SuperSpeed. Sua velocidade de transferência é de 4.8 Gigabits por segundo (dez vezes maior do que a velocidade da versão 2.0), tornando-o quase uma conexão de rede.

A evolução das portas seriais até o USB 3.0 se deve ao desenvolvimento das tecnologias da informação e, principalmente, da internet. Com a grande quantidade de textos, vídeos, músicas, etc disponíveis na rede, e que costumamos baixar para nossos computadores e notebooks, assim como todo o material que colhemos com câmeras de vídeo, câmeras fotográficas e nossos celulares, a necessidade de ter um dispositivo que permita a transferência desses dados de um local para o outro é algo que com certeza cresce a cada dia. Por isso não é de se espantar que em aproximadamente 15 anos tenhamos uma tecnologia tão inovadora e presente em nossas vidas como se sempre tivesse existido. Afinal, alguém, hoje em dia, consegue imaginar um computador sem uma conexão USB?

Pensando no conforto e comodidade de seus clientes, a Note Place possui notebooks usados tanto com porta serial quanto com porta USB, garantindo assim melhor qualidade na prestação de seus serviços. Venha até nossa loja e confira qual notebook usado se encaixa melhor com a sua necessidade!

Copyright © 2012 - Note Place - Todos os direitos reservados - by W2N
Redes Sociais Youtube
Formas de Entrega Formas de Entrega dos Notebooks Usados
Formas de Pagamento Formas de Pagamento dos Notebooks Usados
Processando Ajax Processando